22/07/2024
Mundo Notícias

Qual é o animal mais perigoso do mundo?

Quando pensamos em animais perigosos, talvez nos venha à mente imagens de leões, tubarões, crocodilos e cobras. Esses animais certamente podem causar ferimentos graves ou até fatais aos humanos, mas eles não são os mais mortíferos do mundo. Na verdade, o animal que mais mata pessoas por ano é um inseto: o mosquito. Neste artigo, vamos conhecer os 10 animais mais perigosos do mundo, segundo o número de mortes humanas que eles provocam, e entender por que eles são tão letais.

10. Tubarão

Mortes de humanos por ano: cerca de 10

Maior perigo: mordida com força e dentes afiados

Os tubarões são predadores marinhos que se alimentam de peixes, crustáceos, moluscos e outros animais. Eles têm um olfato apurado e podem detectar o cheiro de sangue na água a quilômetros de distância. Algumas espécies, como o tubarão-branco, o tubarão-tigre e o tubarão-cabeça-chata, podem atacar humanos se sentirem ameaçados ou confundirem com suas presas. Os ataques de tubarão costumam ser fatais devido à perda de sangue e aos ferimentos nos órgãos vitais.

9. Elefante

Mortes de humanos por ano: cerca de 100

Maior perigo: pisoteamento com peso e força

Os elefantes são os maiores mamíferos terrestres do mundo e podem pesar até 6 toneladas. Eles vivem em grupos familiares liderados por uma fêmea adulta e têm uma inteligência emocional elevada. Apesar de serem herbívoros e pacíficos na maioria das vezes, os elefantes podem se tornar agressivos se sentirem que seu território ou sua família estão em perigo. Eles podem atacar humanos com suas presas, sua tromba ou seus pés, causando esmagamento ou perfuração.

8. Hipopótamo

Mortes de humanos por ano: cerca de 500

Maior perigo: mordida com mandíbula e dentes poderosos

Os hipopótamos são animais semi aquáticos que habitam as regiões da África subsaariana. Eles podem pesar até 2,7 toneladas e medir até 5 metros de comprimento. Apesar de sua aparência robusta e lenta, os hipopótamos são capazes de correr até 30 km/h em curtas distâncias e são muito territoriais e agressivos. Eles podem atacar humanos que se aproximam demais de seus rios ou lagos, mordendo com uma força de até 2 mil quilos.

7. Crocodilo

Mortes de humanos por ano: cerca de 1.000

Maior perigo: mordida com mandíbula e dentes afiados

Os crocodilos são répteis que vivem em regiões tropicais e subtropicais da África, Ásia, América e Austrália. Eles podem medir até 7 metros de comprimento e pesar até uma tonelada. Eles são predadores oportunistas que se alimentam de peixes, aves, mamíferos e outros répteis. Eles podem atacar humanos que entram na água ou nas margens dos rios, lagos ou pântanos onde vivem, mordendo com uma força de até 3 mil quilos e arrastando para o fundo.

6. Escorpião

Mortes de humanos por ano: cerca de 3.250

Maior perigo: picada com veneno

Os escorpiões são aracnídeos que vivem em regiões quentes e secas do mundo todo. Eles têm um corpo segmentado com um par de pinças e uma cauda com um ferrão na ponta. Eles se alimentam de insetos, aranhas, lagartos e pequenos roedores. Eles podem picar humanos com seu ferrão, injetando um veneno que pode causar dor, inchaço, náusea, vômito, convulsões, paralisia e até morte. Algumas espécies de escorpião têm um veneno mais potente que outras, como o escorpião-amarelo e o escorpião-de-cauda-preta.

5. Caramujo

Mortes de humanos por ano: cerca de 10.000

Maior perigo: transmite doenças

Os caramujos são moluscos que possuem uma concha espiralada e se locomovem por meio de um pé muscular. Eles se alimentam de plantas, fungos, algas e detritos orgânicos. Alguns caramujos podem transmitir doenças aos humanos quando são consumidos ou entram em contato com a pele ou as mucosas. Uma dessas doenças é a esquistossomose, causada por um verme parasita que se aloja nas veias do fígado e do intestino, provocando anemia, diarreia, dor abdominal e até câncer.

4. Mosca tsé-tsé

Mortes de humanos por ano: cerca de 10.000

Maior perigo: picada pode transmitir um parasita

As moscas tsé-tsé são insetos que vivem em regiões da África subsaariana. Elas têm cerca de 1 centímetro de comprimento e são de cor marrom-claro. Elas se alimentam do sangue de mamíferos, incluindo humanos. Elas podem picar humanos e transmitir um parasita chamado Trypanosoma brucei, que causa a tripanossomíase africana, também conhecida como doença do sono. Essa doença pode causar febre, dor de cabeça, fraqueza, confusão mental, distúrbios do sono e até coma e morte.

3. Cobra

Mortes de humanos por ano: cerca de 50.000

Maior perigo: picada com veneno

As cobras são répteis que não possuem membros e se locomovem por meio de contrações musculares. Elas vivem em diversos habitats do mundo todo e se alimentam de roedores, aves, anfíbios e outros répteis. Elas podem picar humanos com seus dentes afiados, injetando um veneno que pode causar dor, inchaço, hemorragia, necrose, insuficiência renal, paralisia respiratória e até morte. Algumas cobras têm um veneno mais tóxico que outras, como a taipan, a mamba-negra e a cobra-real.

2. Cachorro

Mortes de humanos por ano: cerca de 25.000

Maior perigo: mordida pode transmitir raiva

Os cachorros são mamíferos carnívoros que pertencem à família dos canídeos. Eles foram domesticados há milhares de anos pelos humanos e são considerados os melhores amigos do homem. Eles se alimentam de carne e ração e podem ter diferentes tamanhos, formas e cores. Eles podem morder humanos por diversos motivos, como medo, defesa, agressividade ou brincadeira. A mordida pode transmitir a raiva, uma doença viral que afeta o sistema nervoso central e pode causar febre, ansiedade, alucinações, hidrofobia e até morte.

1. Mosquito

Mortes de humanos por ano: cerca de 725.000

Maior perigo: picada transmite doenças

Os mosquitos são insetos que possuem um corpo fino e alongado e duas asas transparentes. Eles vivem em praticamente todas as partes do mundo e se alimentam do sangue de vertebrados, incluindo humanos. Eles podem picar humanos com sua probóscide (um órgão tubular na cabeça) e transmitir diversas doenças, como malária, dengue, zika vírus, febre amarela e chikungunya. Essas doenças podem causar sintomas como febre, dor de cabeça e dor muscular.

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service

PROS

+
Add Field

CONS

+
Add Field
Choose Image
Choose Video
X